Buscar
  • Especialista Ágora Digital

Etapas do funil de marketing

Atualizado: 21 de jan. de 2021

Você já ouviu falar sobre funil de marketing? Ou talvez já tenha escutado pelo menos sobre o tradicional funil de vendas, certo? Basicamente é uma estratégia onde você traça o momento de compra do potencial cliente e monitora o mesmo para concluir uma venda futura.

Com o passar do tempo os canais de marketing foram aumentando até que essa estratégia de funil virou uma peça importantíssima para os departamentos de marketing e comunicação que direcionam campanhas e ações muito mais específicas para cada público.

O funil de marketing (ou vendas) é um modelo que representa a jornada do público desde o primeiro contato com sua empresa até a compra (ou mesmo pós-venda em alguns casos). A importância desse modelo é que ele permite ao profissional criar toda a sua estratégia com mais segurança e desenvolver estratégias para os potenciais clientes em todas as etapas. Isso é muito importante para que a mensagem não seja passada para alguém no momento errado, resultando na perda desse possível cliente.

O Funil de marketing é dividido em três partes: Topo de Funil, Meio de Funil e Fundo de Funil.






Topo de Funil


No topo de funil as pessoas ainda não estão nem pensando em comprar ou adquirir algo. Na verdade, esse público está no início de sua pesquisa, entendendo como resolver seu problema. Por exemplo, antes de uma pessoa que quer começar a jogar tênis, ela vai pesquisar qual o melhor tipo de raquete escolher antes de pesquisar pelo produto em si. Ela precisa ser convencida de que a raquete X é melhor por tais benefícios e isso precisa ser passado de uma maneira que não pareça simplesmente um anúncio. Ela quer informação para depois se decidir. Assim que ela souber qual a raquete ideal, provavelmente escolherá da marca que a instruiu e a ajudou em todo o processo, desde o topo de funil.



Meio de Funil

Nessa etapa, o usuário já está familiarizado com o assunto e com sua marca (sim, ele sabe que é uma marca por mais que a relação seja diferente) o potencial cliente começa a aceitar alguns anúncios e sugestões de raquetes da sua empresa. Nesse momento você pode tornar aquela pessoa que antes só buscava informação em um lead, um potencial cliente, pegando seus dados como e-mail, telefone etc.



Fundo de Funil

Você começou informando, educando aquele internauta que queria saber qual a melhor raquete para quem quer começar a jogar tênis. Você estreitou a relação com a permissão dessa pessoa ao dar o e-mail ou algum contato. No topo de funil, você e o internauta aspirante a tenista estão em um momento de relacionamento que já está claro que ele quer uma raquete e que ele confia em você, na sua marca. Esse é o momento de tornar o lead em cliente e oficializar a relação para sempre, se possível.


Se pensar bem, o funil de marketing é a ilustração didática de todos os relacionamentos que temos em nossas vidas. Primeiro nos apresentamos e começamos a conhecer uns aos outros. Após se conhecer cria-se um início de amizade (ou amor) e se trocam telefone e começam a conversar por WhatsApp. Depois de um tempo, você tem um amigo com quem tem intimidade e simplesmente aparece na casa dessa pessoa quando quiser, já abrindo a geladeira sem cerimônia alguma.

Qualquer dúvida sobre o funil de marketing, vem conversar com nossos especialistas da Ágora Digital, nós teremos todos o prazer do mundo em conversar com vocês!

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo